Saiba como escolher o seu restaurante na Itália

12 Jul 2017

Em nossa primeira viagem não nos preocupamos em pesquisar como iríamos fazer nossas refeições. Nossas hospedagens incluíam café da manhã e não nos parecia difícil encontrar um restaurante para comer. Afinal, estávamos na Itália! Terra onde se come bem! 


Porém, não é bem assim. Existem algumas regras referentes aos estabelecimentos gastronômicos e ao menu italiano que são muitas vezes desconhecidas.

 

Se chegamos ao país sem um guia turístico e desinformados, passamos um bom tempo perdidos, sem saber por onde começar para fazer as melhores escolhas. Você não vai passar fome, não é isso, mas talvez perca a chance de ter uma bela experiência gastronômica.


Pensando nisso, gostaríamos de compartilhar algumas informações básicas que consideramos interessantes para quem quer viajar para a Itália.

 

                                                                                                             Qual a diferença entre Osteria, Trattoria e Ristorante?

 

Osteria: lugar simples, geralmente de gestão familiar e que, antigamente, tinha foco voltado para o serviço de vinhos. Você podia chegar com seu lanche trazido de casa ou comprado em outro lugar, se sentar e só pedir o vinho.

 

Esse tipo de Osteria é raro encontrar, a maioria já se adequou às necessidades do mercado e servem pequenas refeições. Mas encontramos uma interessante! Se você estiver em Bolonha não deixe de visitar a Osteria del Sole que funciona desde 1465.


Trattoria: esta deve ser a escolha para quem deseja provar os pratos típicos da cozinha local e é, também, a escolha dos italianos. Se trata da cozinha caseira, de sabores genuínos e, geralmente, são acolhedores, com menu restrito e com produtos locais. Gasta-se pouco e come-se bem.


Ristorante: ambientes maiores com amplo menu, mais refinados e mais formal.


Self-Service: como conhecemos no Brasil não existe, não perca seu tempo procurando. Um ou dois que encontramos por lá, com o nome de "Tavola Calda", eram muito ruins; então, não tenha pressa para se sentar e comer. O menu sempre é a la carte, comida fresca, feita na hora e demora! Mas vale a pena esperar. Caso contrário, é melhor fazer um lanche.


Compreendidas as diferenças será possível fazer uma escolha mais assertiva.

 

 

Pizza: muitos lugares oferecem pizza, seja para almoçar ou jantar. Sim! Pizza no almoço! Os italianos almoçam pizza porém, ao contrário do que imaginamos, nem todas as pizzas são boas.

 

 

Se quiser provar uma boa pizza, procure um lugar que só faça pizza ou busque referências, peças dicas no seu hotel, pergunte a algum nativo: “Dove posso mangiare una vera pizza italiana?”

 

Já ouvi viajantes dizerem:  “Estive na Itália e não gostei da pizza, prefiro a do Brasil." Gosto não se discute, mas penso comigo: “Talvez tenha ido ao lugar errado.”


Tivemos experiências espetaculares com pizzas, em diferentes regiões. Uma das mais saborosas foi em Matera, região da Puglia, no Morgan Ristorante.

 

A massa é feita de um grão rústico “Khorasan”, cultivado no Egito há 6.000 anos, e a farinha deste grão é chamada Kamut que, além de ser muito nutritiva, confere a massa um sabor inigualável.

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

© 2017 Due Cuori in Italia
duecuoritalia@gmail.com
Criado por Carolina Lopes - Identidade Visual
Caricatura da marca: Zeco Rodrigues
Política de Comentários
Assisi - Italia

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

SIGA DUECUORITALIA