© 2017 Due Cuori in Italia
duecuoritalia@gmail.com
Criado por Carolina Lopes - Identidade Visual
Caricatura da marca: Zeco Rodrigues
Política de Comentários
Assisi - Italia

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

SIGA DUECUORITALIA

Museus imperdíveis na Itália

12 Aug 2017

 

Um dos meus sonhos como apreciadora das artes era ver de perto o Davi de Michelangelo e O nascimento da Vênus de Botticelli. A Itália possui mais de 100 mil monumentos (sítios arqueológicos, catedrais, igrejas, edifícios e estátuas), todos com significado histórico que enchem de orgulho os italianos.

 

Porém, alguns destes patrimônios, principalmente no sul, permanecem sem serem vistos por escassez de verbas para restauros e por intempéries climáticas, como os terremotos. Com o turismo respondendo por cerca de 3% do Produto Interno Bruto, o investimento e o interesse aumentaram para garantir o acesso público ao maior número possível de edifícios e acervos.

 

Mesmo assim, o volume de restauro e conservação é muito grande e a Itália parece sempre um canteiro de obras artísticas. Não por acaso, ela detém o maior número de acervos(lugares), que são  Patrimônio Mundial da Humanidade, assim declara a UNESCO.

 

Realizei meu sonho e me surpreendi com a Vênus de Urbin de Ticiano; fiquei em transe diante desta obra sensacional. Visitamos alguns museus italianos e recomendamos aqueles que consideramos imperdíveis pela sua importância histórica:

 

Galleria degli Uffizzi: é o maior museu de arte da Itália e foi construído entre 1560-80. Possui o principal acervo mundial de pinturas renascentistas italianas, além de obras primas de países como Holanda, Espanha e Alemanha.

 

Museu do Vaticano: onde fica a Capela Sistina, as salas de Rafael e um dos acervos de artes mais importantes do mundo. Um museu que demanda tempo para apreciar. Para percorrê-lo você pode levar de duas a quatro horas.

 

Galleria dell'Accademia: fundada em 1563, foi a primeira escola criada na Europa para ensinar as técnicas de desenho, pintura e escultura. O acervo exibido atualmente foi constituído em 1784 para servir de material de estudo e modelo para os alunos. A obra mais famosa é o Davi de Michelangelo. Fantástico!

 

 

Tags:

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload