© 2017 Due Cuori in Italia
duecuoritalia@gmail.com
Criado por Carolina Lopes - Identidade Visual
Caricatura da marca: Zeco Rodrigues
Política de Comentários
Assisi - Italia

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

SIGA DUECUORITALIA

O que dizer depois de 15 dias na Itália?

2 Oct 2017

Ciao amici!

Tudo tem sido tão intenso que ainda não tive tempo de pensar sobre a mudança, o idioma diferente, a cultura diferente... tudo diferente. 

Um exemplo prático dos meus maiores desafios nos últimos dias foi encontrar um rodo. Sim, aquele simples rodo de borracha.

Aqui não há o hábito de usar o rodo para limpar a casa e sim para limpar vidros. Eu só encontrava rodo pequeno, aquele que usamos para a pia, até me deparar com uma loja chinesa e comprar o modelo adequado.

 

Nessas duas semanas aqui em Perugia enfrentei alguns desafios como:

Começar tudo do zero, num apartamento fechado há mais de um ano e sem nenhum utensílio, nem um copo sequer;

Escolher sabão para lavar roupa devido à diversidade de tipos de lavagem e temperaturas das máquinas de lavar;

Não tem tanque de lavar dentro do nosso apartamento;

Escolher uma operadora de celular e assinar um plano de internet para usar em casa;

 

Não existem ralos na casa porque aqui não se desperdiça água. A limpeza é feita com aspiradores de pó muito potentes, produtos de limpeza adequados e perfumados de verdade; 

 

Entender como usar alguns eletrodomésticos devido à água calcária que pode causar mau funcionamento. Um exemplo é o ferro de passar que deve ser abastecido com uma água especial, livre de calcário, para não estragá-lo;

 

Não comprar chocolate Lindt todos os dias porque custa 1,10 euro (não sei se é um desafio ou prazer...);

Ir ao mercado e, a cada dia, descobrir que tem um monte de coisa boa. Dá vontade de comprar tudo e custa pouco;

Escolher um vinho. Tem muitas, muitas, mas muitas opções que a gente fica até tonto;

O frio que já está chegando;

A burocracia que existe em qualquer lugar do mundo;

 

Aprender como pilotar a lareira (sim, temos uma lareira no apartamento!) que tem um sistema para aquecer o apartamento inteiro. Vamos economizar gás e energia elétrica. Show!

 

O preço dos serviços como encanador, eletricista, pedreiro, pintor e limpeza são elevados pois a maioria das pessoas não tem o hábito de fazer pequenos reparos na própria casa como, por exemplo, trocar uma lâmpada ou limpar um banheiro!

 

Aqui se paga a taxa do lixo de acordo com o tamanho da casa. O valor é um pouco salgado mas o serviço funciona bem, com regras rígidas sobre a separação de resíduos, dias e horários de coleta e os tipos de recipientes para o descarte;

 

O preço do gás também não é baixo e, se você não tomar cuidado, vai gastar muito durante o inverno para aquecer a casa. Por sorte temos a lareira e um estoque de lenha (madeira de reflorestamento certificada) guardada na garagem.

 

Por outro lado, existem coisas que não têm preço (parece a propaganda do Mastercard...) e posso vivenciar momentos únicos como:

Pegar a autoestrada e ver as placas para Firenze, Roma, Assis, Bologna...;

Encontrar produtos orgânicos (que aqui são denominados biológicos) em qualquer supermercado, mercearia e feiras;

Separar o lixo, como sempre fizemos, e saber que tem a destinação certa;

Fazer banana e berinjela assadas na lareira;

Usar a salsa (um tipo de patê) de tartufo, no café, almoço e jantar. É o que mais gosto de comer no momento;

A enorme quantidade festivais, exposições, debates e eventos. Um mais interessante que o outro;

As construções históricas, verdadeiros museus a céu aberto que me emocionam;

Andar de Minimetrò;

A forma muito engajada com que as pessoas participam de eventos políticos para discutir os problemas da cidade; 

Ver e ouvir os turistas arrastando malas pela cidade e pensar que agora moramos aqui.

 

Enfim, estou em Perugia há 15 dias, resolvendo burocracias e organizando a casa.

Acordo às seis da manhã e vou dormir à 1 da madruga para conseguir falar com a família, escrever para o blog, facebook, instagram e responder à diversas mensagens.

Estou bem cansada mas muito feliz porque o nosso (meu e do Rica) esforço tem valido e valerá muito a pena.

No dia 2 de outubro inicio o curso de italiano na Università per Stranieri di Perugia e, de 13 a 22/10, acontece a Eurochocolate, a maior feira do gênero na Europa. 

 

Nos próximos dias espero estar mais tranquila e mostrar muitas coisas bacanas pra vocês.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload